Professor de Ubatuba é homenageado em feira estadual de tecnologia

O professor Antonio Augusto Corrêa foi homenageado durante a 4ª edição da Expo Movimento Inova: um evento de tecnologia e inovação, realizado pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP), para estudantes do ensino fundamental (4º ao 9º ano) e do ensino médio.

A iniciativa aconteceu nos dias 25 e 26 de maio no Ginásio do Ibirapuera ne a estimativa era reunir 20 mil estudantes e professores.

A Escola Estadual Profª Idalina do Amaral Graça, no Ipiranguinha, onde Correa leciona uma matéria eletiva, foi a unidade escolhida para representar o Litoral Norte no evento, sendo umas das 35 selecionadas entre as cinco mil escolas do Estado de São Paulo.

O Projeto Eletricidade, da disciplina eletiva do professor, foi apresentado pelos alunos do ensino médio: Talita dos Santos Donato – 1ª série B; Miguel dos Santos Passos – 2ª série A e Gabriel Augusto da Silva Libâneo – 1ª série Novotec Integrado Marketing (curso técnico). A proposta desenvolveu um circuito de elétrica básica.

Além disso, Correa foi um dos escolhidos a ser condecorado com medalha Caetano de Campos, representando os docentes presentes no evento. “Foram momentos mágicos. Foi fabuloso, inesquecível. É impossível descrever. Os alunos que foram junto são protagonistas e amaram estar lá”, destacou o professor.

Para a diretora da escola, Renata de Paula, tanto a participação no evento como a homenagem ao docente são motivos de orgulho. “É muito importante e gratificante ver uma escola que sempre teve pouco reconhecimento, representar o Litoral Norte no evento e, ainda mais, ter um professor premiado”, comemorou.

“A Expo Movimento Inova é um evento de excelência para a rede estadual, que aproxima o mundo da inovação e da tecnologia da vivência dos estudantes, de tudo que eles já estão aprendendo nas escolas. E vai além, pois os estudantes podem olhar para o mercado de trabalho, para o seu projeto de vida e conectar sonhos com realidade. É um movimento em que a rede aprende com a rede”, explicou uma das organizadoras do evento, Débora Garofalo.