Conseg de Ilhabela apresenta projeto “Monitoramento Solidário”

Representantes do Conselho de Segurança (Conseg) de Ilhabela apresentaram à Prefeitura de Ilhabela o projeto “Monitoramento Solidário”.

Participaram do encontro o Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, o presidente do Conseg, Daniel Marçal, e o secretário da entidade, Roberto Villa.

O projeto “Monitoramento Solidário” tem como objetivo oferecer às forças de segurança do município (Polícias Civil e Militar) o compartilhamento de imagens de câmeras de monitoramento instaladas em residências ou comércios da cidade.

Segundo o Conseg, uma maior participação popular na vigilância, aliado a equipamentos de monitoramento, podem resultar em bons resultados no combate à criminalidade na cidade.

“Em resumo, utilizaríamos uma parceria com o comércio e moradores da cidade para ampliar a área de monitoramento. O ‘Monitoramento Solidário’ seria um braço do já conhecido projeto ‘Vizinhança Solidária’. Hoje as câmeras de monitoramento têm papel fundamental nas ações de combate à criminalidade e solução de casos por parte das Polícias Militar e Civil”, disse o presidente do Conseg, Daniel Marçal Duarte.

Atualmente o elo entre Polícia Militar e Conseg sobre o “Vizinhança Solidária”, com o mapeamento dos bairros e câmeras, é feito pela vice-presidente do Conseg, Kika Campos.

O projeto do “Monitoramento Solidário” também foi apresentado pelos representantes do Conseg ao secretário de Governo, Cezar De Tullio, e será estudado pela equipe técnica da Prefeitura de Ilhabela.