Prefeitura abre Exposição Fotográfica Baleias e Golfinhos de Ilhabela

Foi aberta oficialmente a Exposição Fotográfica Baleias e Golfinhos de Ilhabela. O evento contou com a presença de autoridades locais, além de representantes e colaboradores do Projeto Baleia à Vista e do Viva Instituto Verde.

A ação faz parte da programação da Abertura da Temporada de Baleias e Golfinhos e a exposição contém registros dos fotógrafos Júlio Cardoso, Arlaine Francisco, Leonardo Wedekin e Frank Santos, um morador de Ilhabela de 23 anos.

A exposição ficará aberta para visitação até setembro, de segunda a domingo e feriados, sempre das 9h às 18h, na sede da Fundaci (Rua Dr. Carvalho, 80 – Vila). Não é necessário agendamento. O controle de acesso e os devidos protocolos sanitários será feito pela equipe da Prefeitura.

“A oportunidade que temos hoje é poder apresentar para a população uma fauna incrível. Temos 11 espécies e não é em qualquer lugar que podem ser avistados. É um privilégio para Ilhabela e é fantástico que tem o apoio da Prefeitura. Acredito que o retorno vem, não só no turismo, mas em imagens de um lugar que tem uma fauna tão preservada”, disse Júlio Cardoso.

O trabalho de monitoramento dos cetáceos da região é realizado há 17 anos e, segundo os estudos, nos últimos cinco houve um aumento na presença da espécie baleia-jubarte. Daí veio a iniciativa de transformar Ilhabela em um ‘hotspot’ de turismo, conforme explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Luciane Leite.

“Para chegarmos a este momento fizemos várias ações como palestras voltadas aos proprietários de embarcações e marinheiros, além da confecção de banners com regras para distribuir nas marinas. E ainda haverá capacitação específica para agências de passeio, guias e monitores de turismo que incluirá conteúdo teórico e saídas embarcadas para qualificar ainda mais os prestadores de turismo”, explicou. 

Além disso, foi realizada uma capacitação para a rede pública de ensino com 70 diretores e coordenadores, e logo será feita a capacitação dos professores para que possam levar o conhecimento às crianças do município. Ainda integrado a rede de ensino, dois livros do VIVA Instituto Verde e Azul serão introduzidos nas escolas.

“Ilhabela tem reconhecimento nacional e internacional e este nicho de turismo faz de Ilhabela um dos principais hotspots do país e o principal do Estado de São Paulo para observação dos cetáceos. Temos tudo para tornar Ilhabela o principal destino de ecoturismo do Brasil e trabalharmos para sermos os melhores do mundo”, afirma Luciane Leite.

Os projetos em questão beneficiam também a cultura local, traz a valorização e o resgate histórico desses animais. “A nossa administração agora tem uma pauta bacana em relação a cultura, tenho certeza de que a gente vai fazer um grande trabalho. E tudo isso desenvolve o turismo de qualidade, a qualificação dos guias, fomenta a economia e ajuda os comerciantes. Hoje é uma grande ação do governo que vai, no final, contribuir com toda população”, comentou o secretário de Cultura, Marquinhos Guti.

Já o Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, ressaltou a importância de um novo atrativo para a cidade. “Além do diferencial, traz oportunidades de empregos e turismo de qualidade, já que o turismo é a base industrial do município”.

Ele aproveitou a oportunidade para anunciar a construção de cinco novos píeres e a reconstrução dos antigos. “As faixas de mar precisam estar livres para acesso de visitantes, sem interferências, como no caso de residências e habitações que irregularmente invadiam essas áreas. A gente no passado teve coragem de enfrentar tudo isso. Se a gente quiser ser uma cidade turística, não podemos de forma alguma desperdiçar tudo que esse mar mostra pra gente”, finaliza.