Campanha de Vacinação contra H1N1 continua neste sábado (15) e tem mudanças a partir de segunda (17)

Assim como a vacinação contra a Covid-19, a Prefeitura de Caraguatatuba continua empenhada também em proteger a população de uma doença que começa aparecer, principalmente, nesta época do ano, a H1N1 ou mais conhecida como gripe.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou a Campanha de Vacinação contra a gripe no dia 12 de abril, aos sábados, para os grupos prioritários.

Neste sábado (15), as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) continuam abertas para receber os interessados em se imunizar contra a doença, das 8h às 17h.

Mudanças na vacinação contra a H1N1, a partir de segunda-feira (17)

A Secretaria de Saúde inicia uma nova estratégia para conseguir atingir todo o público alvo da vacinação. Segundo a Vigilância Epidemiológica da Secretaria, apenas 17% deles foram imunizados.

A partir de segunda-feira (17), a Campanha de Vacinação será realizada somente durante os dias de semana nas unidades de saúde, no período da tarde, das 13h30 às 15h30.

Podem receber a vacina: idosos (com mais de 60 anos), professores da rede pública e privada (nível básico, médio/técnico e superior), crianças (maiores de seis meses a menores de seis anos), gestantes, puérperas (com 45 dias pós-parto) e trabalhadores da saúde.

Na unidade de saúde, o professor e o trabalhador da saúde deve apresentar um comprovante de trabalho, como holerite, carteira de trabalho ou crachá. Já o idoso precisa estar munido de um do RG ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Quem foi vacinado nos últimos 15 dias contra a Covid-19 não será imunizado contra a gripe. A Secretaria de Saúde do Estado contraindica a aplicação das duas doses (H1N1 e Covid-19) simultaneamente.

Dessa maneira, a Secretaria recomenda a apresentação do ‘Cartão de vacinação Covid’ no dia da vacinação, já que o mesmo contém a data da aplicação do imunizante.

Cronograma da Campanha de Vacinação contra H1N1 para junho

No próximo mês, no dia 9, a Secretaria de Saúde iniciará a 3ª Fase da Campanha de Vacinação. Ela irá abranger:

Pessoas com comorbidades e com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Ainda no mesmo mês, a Secretaria irá disponibilizar dois sábados (12 e 19 de junho) para aqueles que não conseguirem receber a vacina durante os dias de semana.

As unidades de saúde ficarão abertas das 8h às 17h para receber qualquer pessoa que pertença a um dos grupos prioritários