Caraguatatuba inicia entrega de 130 aparelhos auditivos para pacientes do setor de reabilitação do CEM

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou ontem (28) a entrega de 130 aparelhos auditivos para pacientes do setor de reabilitação auditiva do Centro de Especialidades Médicas (CEM).

Ao todo, 68 pacientes serão beneficiados. Desses, 62 possuem perda auditiva bilateral, por isso necessitam de dois aparelhos, e seis com perda unilateral. Nesse caso, o paciente recebe apenas um aparelho.

Por conta da pandemia da Covid-19, a distribuição dos aparelhos será realizada em pequenos grupos de até quatro pessoas, podendo estar acompanhado por apenas um familiar. Serão atendidas 16 pessoas ao dia, quatro por hora.

Um dos contemplados é o pai de Aguida dos Santos, 43 anos. Seu Benvindo Pereira dos Santos, 80 anos, recebeu dois aparelhos na manhã desta quarta-feira (28).

Ao ver que o pai estava conseguindo ouvir melhor, Aguida se emocionou. Ela contou que “não via a hora de ver ele com esses aparelhos, porque é mais segurança pra todos nós”.

Para Lúcia Vosso Dias, 51 anos, a partir de agora a comunicação dentro de casa entre ela e a mãe, Filomena Gomes Vosso, 78 anos, ficará muito melhor.

Assim como seu Benvindo, a paciente possui uma perda auditiva bilateral que, segundo a filha, dificulta ainda mais a compreensão. “Esses aparelhos vão dar mais qualidade de vida pra minha mãe; isso é saúde”, afirmou.

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, acompanhou as primeiras entregas do dia, incluindo a dona Filomena e de seu Benvindo. Ao lado do secretário de Saúde, Gustavo Boher, ele enfatizou a importância dos aparelhos. “Pra gente é uma alegria; é mais qualidade de vida e traz segurança para os que necessitam do dispositivo”, completou.

Após a entrega, o paciente já sai utilizando o aparelho. Segundo o coordenador do setor de reabilitação, Paulo Malta, “o dispositivo possui um regulador digital que está adaptado conforme o resultado da audiometria do paciente”.

Com o auxílio do familiar, ele deverá seguir todas as instruções sobre o manuseio e cuidados que deve ter durante e depois do uso. “Por isso solicitamos que o paciente venha acompanhado por um familiar”, disse o coordenador.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o investimento total nesses aparelhos auditivos gira em torno de 90 mil reais, sendo integralmente custeados com recursos do município.