Agentes do CCZ realizam avaliação para indicar nível de infestação de dengue em Caraguatatuba

Os agentes de controle da dengue do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria de Saúde, percorrendo as ruas e bairros do município para a realização da primeira Avaliação de Densidade Larvária (ADL) de 2021.

A última avaliação, realizada em novembro do ano passado, indicou que o nível de infestação do mosquito Aedes aegypti da cidade era de 2,4% que, segundo o Ministério da Saúde, é considerado como um estado de alerta.

De acordo com os parâmetros do Ministério da Saúde, quando o índice obtido é menor que 1,0% o resultado é satisfatório; de 1,1% a 3,9% é preciso ficar em estado de alerta; e acima de 4,0% é considerado alto risco.

Ao todo serão visitados 600 imóveis, que foram escolhidos por meio de um sorteio no próprio site do Ministério da Saúde. As casas são selecionadas por quarteirão e cada um deles possuem cinco casas. A previsão é que o resultado da ADL saia ainda no final de abril.

Nesta segunda-feira (23), os agentes realizam a ADL na região central. Na terça-feira (24), a avaliação será na Martim de Sá. As atividades são ocorrem das 8h às 14h.

Em relação aos cuidados com a Covid-19, o coordenador do controle da dengue, Ricardo Fernandes, disse que “os agentes seguem as orientações do Ministério da Saúde e evitam entrar em residências onde vivem pessoas com comorbidades e idosos, além daqueles que estão com suspeita da doença ou confirmados”.

Vale ressaltar que os agentes do CCZ seguem os protocolos de segurança e as medidas contra a Covid-19, como o uso de máscaras e o distanciamento entre eles e o morador.

Ações de combate à dengue

Além da ADL, o CCZ organizou uma equipe para continuar com as ações de combate à dengue no Poiares. No local, os agentes realizam o bloqueio mecânico de um caso positivo da doença. 

Esse tipo de ação inclui a eliminação de criadouros com a remoção, colocação de barreiras e gerenciamento de materiais para prevenir o acúmulo de água em recipientes.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, Caraguatatuba registrou, até esta segunda-feira (26), 10 casos de dengue. Outros 41 casos ainda aguardam resultado.