Professores da Rede Municipal de Caraguatatuba participam do projeto “Práticas socioeducativas para Geoconservação”

Cerca de 35 professores da Educação Infantil e Fundamental participaram do primeiro módulo do projeto de “Práticas socioeducativas para Geoconservação”, elaborado pela Universidade São Paulo (USP) por meio do Instituto de Geociências.

O objetivo do curso, online, é promover a formação continuada de professores para o desenvolvimento de planos escolares voltados ao estudo da realidade socioambiental local e à elaboração de propostas de geoconservação no contexto do Parque Estadual da Serra do Mar e outras unidades de conservação, considerando a riqueza do patrimônio geológico e natural da região. Também a elaboração de um plano de aula ou uma sequencia didática considerando os temas abordados no curso, com a possibilidade de registro fotográfico, produção de materiais, vídeo ou similares.

A Geoconservação se refere à proteção de importantes exemplares da geodiversidade. Proteger determinados elementos geológicos é importante e necessário, uma vez que contêm importantes informações sobre o passado evolutivo de nosso planeta. Além disso, também serão trabalhados pontos sobre Geoturismo – para identificação de patrimônios geológicos.

“A inovação deste projeto é a parceria com a USP e o Instituto de Geociências, aproximando academia do chão da escola. Isso coloca os professores e alunos como protagonistas do processo de aprendizagem”, disse o professor Ricardo Quirino, da equipe de Apoio Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação.