Empresa cria programa para reciclar embalagens de salgadinhos e chocolates

Consumidor ao enviar gratuitamente as embalagens para o destino correto ainda ajuda instituições de sua confiança

As embalagens de chocolates e biscoitos geralmente não são recicladas, mesmo que o consumidor realize o descarte observando a separação dos materiais em recipientes para coleta seletiva. Essas embalagens têm como característica a parte interna opaca ou metalizada e a parte externa colorida. São feitas de um plástico metalizado chamado BOPP (Polipropileno Biorientado), que devido à sua característica e composição, esse material usualmente não é reciclado, pois os custos para sua reciclagem são superiores ao valor que a matéria-prima reciclada é vendida no final da cadeia.

Mas agora o consumidor tem uma opção para realizar o descarte sustentável das embalagens de BOPP, isso porque, duas grandes empresas se uniram para desenvolver uma solução para o descarte deste tipo de material.

A Nestlé, em parceria com TerraCycle, está promovendo uma iniciativa de logística reversa de pós-consumo, que além de viabilizar a reciclagem de embalagens de chocolates e biscoitos, também aceitará as embalagens flexíveis metalizadas de salgadinhos, misturas para bolo, barrinhas de cereal, ovos de páscoa, entre outras.

Através deste projeto, qualquer consumidor, condomínio, cooperativa ou empresa poderá encaminhas suas embalagens gratuitamente através dos Correios. E além contribuir para o meio ambiente, o consumidor ganha pontos que podem ser revertidos em doações para instituições.

Como participar e como funciona o programa

Para cada 1 kg de embalagens enviadas, o participante receberá 300 pontos que equivalem a R$ 3,00 e poderão ser revertidos em doações para uma entidade sem fins lucrativos ou escola pública de sua escolha. Quanto mais embalagens juntar, maior o valor do crédito. E as cooperativas têm a possibilidade de se autoindicar para receber o valor! Não é necessário lavar ou limpar as embalagens para o envio.

Para participar basta acessar e se cadastrar através do site da programa, e após o cadastro seguir os procedimentos de orientação. O consumidor irá imprimir a etiqueta para postagem, que será colada na caixa com as embalagens coletadas e, as encaminhará para os Correios. É importante lembrar que a caixa não deve conter propagandas (pode tampar os dizeres ou virar ao contrário) e cada etiqueta deve ser impressa apenas uma vez.

Em caso de dúvidas, entrar em contato através do e-mail sac@terracycle.com.br ou no telefone 0800 892 1038.

Também pode consultar o campo de perguntas frequentes no site.

Infográfico com o passo-a-passo para participar do programa (Imagem: TerraCycle/Reprodução)

O que acontece com as embalagens?

De acordo com a TerraCycle, os materiais coletados passam pelo processo de reciclagem, que inclui uma série de procedimentos, como a separação (quando necessário), a lavagem e a extrusão. As embalagens são transformadas em uma nova matéria-prima, chamada Pellet. Esta matéria-prima é reinserida na cadeia produtiva para a fabricação de outros produtos tais como: vasos de planta, cones de trânsito, bancos, lixeiras, etc.

Infográfico do processo de reciclagem do material coletado (Imagem: TerraCycle/Reprodução)