Fiocruz promete a entrega de 1 milhão de doses de vacina contra Covid-19 produzidas pela Fundação

A fundação prometeu entrega das doses do imunizante até sexta-feira

A Fundação Oswaldo Cruz anunciou nesta segunda-feira (15), que entregará as primeiras vacinas produzidas pela instituição. Serão 1milhão e 80 mil doses entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), que fará a distribuição para o Brasil.

Segundo informou em seu site oficial, a Fiocruz disponibilizará 500 mil doses na próxima quarta-feira (17/3) e outras 580 mil até a sexta-feira (19/3).

A Fiocruz teve o registro definitivo concedido pela Agência Nacional de vigilância Sanitária (Anvisa) na última sexta-feira (12), passando a ser a detentora do primeiro registro de uma vacina contra Covid-19 produzida no pais.

A instituição já iniciou o escalonamento gradual da produção, para entregar 3,8 milhões de vacinas até o final de março.

A expectativa da Fiocruz é chegar até o final do mês com uma produção de cerca de um milhão de doses por dia. Para atingir este objetivo, na última sexta-feira, a Fundação colocou em operação uma segunda linha de produção, que vai permitir o aumento da capacidade produtiva de Bio-Manguinhos/Fiocruz.

Maior remessa de matéria-prima para março

A Fiocruz irá receber da AstraZeneca, o dobro de lotes de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) previstos para o mês de março. De acordo com a Fundação, serão enviados da China, quatro lotes de 256 litros cada, com quantidade de insumo suficiente para a produção de cerca de 30 milhões de doses de vacina. Com isso, a produção de vacinas na Fiocruz estará garantida até o final de maio.

Uma remessa estava programada para chegar ao Brasil no último sábado, entretanto não houve liberação por questões alfandegárias, obrigando a Fiocruz a comunicar o Ministério da Saúde que, com apoio do Ministério das Relações Exteriores, atuou em conjunto com as autoridades competentes para proceder a liberação e embarque do IFA. Com a obtenção da licença para exportação das autoridades chinesas na manhã da sexta-feira (12/3), a AstraZeneca informou o adiantamento de dois lotes a mais, totalizando o envio de quatro lotes em março.

Da Redação, com informações da Fiocruz

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.