Turismo: cidades paulistas poderão usar selo internacional

O Safe Travels, concedido para o Estado pelo WTTC, atesta as boas práticas de segurança sanitária dos destinos

As cidades paulistas e estabelecimentos privados poderão utilizar o selo Safe Travels, concedido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC na sigla em inglês) para o estado de São Paulo. A certificação atesta as boas práticas intersetoriais do Plano São Paulo quanto à higiene e segurança sanitária.

O Estado recebeu o selo no final de setembro do ano passado. Por ser considerado “embaixador” do Safe Travels, a certificação poderá ser usada pelos municípios e empresas, desde que assumam os mesmos compromissos.

“O momento de enfrentamento da pandemia é crítico e a melhor decisão é adiar as viagens. Porém, esse reconhecimento do WTTC é importante por padronizar a comunicação em todo o mundo”, lembra Vinicius Lummertz, secretário de Turismo do Estado. “Cabe agora às cidades e seus moradores o respeito às regras de isolamento, não aglomeração, higiene e a adesão regrada à vacinação. Esse é o caminho mais curto para sairmos da crise”.

As cidades, entidades ou empresas interessadas no selo devem fazer o pedido para a Secretaria de Turismo do Estado, informando o seu site e o contato o responsável, além de confirmar a adoção dos protocolos do Plano São Paulo, validados pelo WTTC. Pedidos deverão ser feitos pelo e-mail: promocao@turismo.sp.gov.br

O Safe Travels é um protocolo de segurança contra o coronavírus

O Safe Travels é um protocolo de segurança desenvolvido pelo World Travel & Tourism Council (WTTC), seguindo recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e com apoio da Organização Mundial do Turismo (OMT), que estabelece normas que devem cumpridas por empresas, cidades e países, para tornar as viagens mais seguras durante o período da pandemia, enquanto o mundo ainda desconhece um tratamento eficaz contra o Covid-19 e a imunização por vacinas ainda é incipiente.

Empresas com atividade ligadas, direta ou indiretamente, ao turismo , como hotéis, restaurantes, companhias aéreas, operadores de tours, lojas, transportes e aeroportos poderão usar o selo, desde que comprovem o cumprimento dos protocolos de saúde e higiene estabelecidos pela WTTC.

O WTTC é uma organização sem fins lucrativos sediada em Londres e formada por mais de 200 CEOs, assessores e presidentes das principais empresas e turismo e viagens do mundo, que há mais de 30 anos busca implementar melhorias no setor turístico.

Da Redação: com informações do Gov SP e WTTC

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.