Prefeitura de Ubatuba pede à Justiça para cidade retornar à fase laranja do Plano SP

Prefeita esteve na capital e também solicitou recursos para manutenção de leitos de UTI e ampliação no número de vacinas destinadas ao município

A prefeita de Ubatuba, Flavia Pascoal (PL), esteve na capital de São Paulo na segunda-feira, 8 de março, para uma agenda com o governador do Estado, João Doria (PSDB), levando várias reivindicações do município.

A principal demanda foi o retorno de Ubatuba para a fase laranja do Plano São Paulo. A requisição também foi protocolada junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. “Essa medida é importante para garantir o sustento de nossas famílias, que já sofreram muito com as restrições”, defendeu a prefeita Flávia.

Outras reivindicações incluem a ampliação do número de doses da vacina contra a Covid-19 enviadas para o município, a abertura de todos os leitos de enfermaria e de UTI do Hospital Regional de Caraguatatuba e o apoio para o custeio e manutenção dos atuais 10 leitos de UTI tipo Covid-19 (suporte ventilatório) da Santa Casa, que estão sendo mantidos com recursos apenas da Prefeitura de Ubatuba, sem participação do governo do Estado. Segundo a secretaria de Saúde, cada leito de UTI Covid-19 custa R$ 1.600 reais por dia (com base na diária do Ministério da Saúde), além dos exames que têm que ser realizados. Isso significa que o custo mensal de uma UTI com 10 leitos desse tipo é de R$ 480.000.

Em relação à vacina, a Prefeitura destacou o fato de que o número de doses recebidas tem como base o número de pessoas que efetivamente foram vacinadas contra a Influenza em 2020. Porém, como a adesão da população idosa à vacinação contra a Covid-19 é maior do que a da Influenza, está faltando vacinas para atender todas as pessoas de cada grupo prioritário.

A prefeita Flavia destacou que a vacinação é fundamental para o retorno da economia. “Fizemos essa requisição juntamente com o pedido de iniciar o quanto antes a vacinação dos trabalhadores da educação”, explicou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.